VOCÊ TEM FRIGIDEZ?

VOCÊ TEM FRIGIDEZ?

Frigidez é quando a mulher sente pouco ou nenhum interesse e desejo para realizar alguma prática sexual, algumas apresentam aversão ao sexo. Na maioria das vezes estas mulheres apresentam grande dificuldade em atingir o orgasmo. 

Geralmente o contato físico lhe é desagradável, elas apresentam dificuldade em se entregar na intimidade, e quando precisam participar de uma relação sexual preferem que termine logo. 

Isto pode ocorrer por fatores emocionais, sociais e físicos, e são decorrentes de problemas e situações frustrantes e de sofrimento físico e emocional que vivenciaram em sua infância (abuso e violência sexual), adolescência (medo de engravidar, ansiedade e disfunções sexuais) ou idade adulta (decorrente de vários fatores). Quando iniciaram a prática sexual não foi prazerosa, e sim desconfortável, causando reforço ao comportamento negativo ao sexo.

Outros fatores que podem ocasionar a frigidez são a educação rígida e repressora em relação ao sexo, a falta de diálogo entre o casal, a monotonia e ausência de estímulos prazerosos durante a intimidade. Assim como o envelhecimento, o cansaço e a vida cotidiana agitada também pode interferir na diminuição do desejo sexual.

Quanto menos sexo a mulher realiza, maior será a perda da vontade em fazê-lo. E se a mulher realiza com frequência sexo ruim e desconfortável, maiores serão as chances de desenvolver dor, dificuldade de penetração, ausência de orgasmo e, o mais grave, a impossibilidade de conseguir a penetração vaginal (vaginismo).

As mulheres que se consideram “frígidas” podem com o tempo apresentar alterações nos músculos íntimos devido a falta de lubrificação na penetração, isso porque elas fazem sexo por obrigação conjugal ou para cumprir o "papel feminino" perante o seu parceiro.  Estas apresentam um comportamento "frio" e muitas vezes áspero durante as intimidades, utilizam desculpas para evitar o contato íntimo, como beijos, toques e abraços. Estas são atitudes que elas adquirem com o objetivo de evitar o sexo.

Nestes casos é importante a mulher querer mudar sua sexualidade e iniciar pelo autoconhecimento do que seu corpo e diagnosticar o motivo de ter diminuição do desejo e/ou aversão ao sexo, analisando se o motivo é dor, falta de prazer, falta de amor pelo parceiro, vergonha do seu corpo, seus pensamentos sobre o sexo e o papel da mulher neste momento, e outros.
Recomenda-se buscar ajuda, sempre de acordo com o seu problema principal, com profissionais da saúde capacitados, como Médicos, Fisioterapeutas e Psicólogos. 

Algumas vezes será necessário a realização de um tratamento com o Fisioterapeuta que atua na área pélvica para fortalecer os músculos do assoalho pélvico, a região do períneo.

Os produtos da linha Dell da HotFlowers contribuem no tratamento em domicílio e no consultório com os profissionais da saúde.    

Alguns produtos que contribuem na melhora do desejo sexual das mulheres.
Muitos produtos sensuais contribuem no desejo sexual das mulheres quando usados com criatividade pelo casal, com sensações prazerosas.


Segue alguns exemplos:

1. Géis para sexo oral;
2. Géis que vibram;
3. Excitantes;
4. Lubrificantes;
5. Vibradores;
6. Óleos e cremes de massagem corporal e íntima;
7. Bomba clitoriana;
8. Produtos da linha DELL para melhorar a saúde muscular local.

Ter intimidade entre o casal e criatividade com produtos sensuais são atitudes que contribuem no prazer, orgasmo e desejo sexual das mulheres.


Fabiane Dell` Antônio | Fisioterapeuta
Palestrante | Consultora da Empresa Hot Flowers