O PRAZER FEMININO
A pergunta que mais recebo no site da Hot Flowers é como conseguir sentir (por elas) e proporcionar (por eles) o orgasmo na mulher. A resposta é rápida, mas as atitudes e mudanças na vida sexual do casal, com os resultados desejados, são mais lentos e requerem participação de ambos. O prazer feminino não é algo tão fácil assim para todas as mulheres, isto ocorre devido a educação familiar e religiosa que algumas recebem, cobranças e imposições culturais sobre o comportamento da mulher na cama, e ainda pode ser devido a educação sexual equivocada que os homens recebem, acreditando que introduzir o pênis na vagina é sinônimo de prazer para elas. Há várias maneiras de fazer atividade sexual, seja através da penetração do pênis na vagina, no ânus, com estimulação no clitóris e outras regiões erógenas pelo corpo da mulher, estes podem ser realizados com os dedos, pênis, língua ou objetos. Para a obtenção do prazer feminino o meio mais fácil para elas sentirem prazer é com estimulação prazerosa no clitóris. As diferenças de prazer, gozar e orgasmo O prazer é quando a mulher sente sensação prazerosa, seja física e/ou emocional por estar sendo tocada, participando e envolvendo-se em uma atividade sexual e íntima. Não há nenhuma sensação para ela de desconforto ou dor, e sim sensações agradáveis no sentir o pênis dentro de sua vagina, o corpo do seu parceiro (a) encostado no seu, os beijos, os toques. Este momento é satisfatório para ela e como consequência sente prazer de realizar a intimidade. O gozar é quando ela ejacula, ou seja, ela sente um grande prazer e libera um líquido semelhante ao sêmen do homem. Na mulher este pode ser levemente adocicado ou inodoro, sai da uretra e é produzido pela glândula Skene, a próstata feminina. A mulher sente prazer emocional e físico durante o envolvimento íntimo e sua consequência é a ejaculação. O orgasmo é o maior grau de excitação sexual, ocorre somente após ela sentir prazer, estar excitada. Com estimulações físicas adequadas e envolvimento emocional saudável a mulher tem sensações agradáveis, um êxtase que não consegue pensar em nada, se mover... simplesmente seu corpo faz contrações espasmódicas de alguns músculos, juntamente com o aumento do batimento cardíaco e pressão arterial. Em seguida inicia-se um relaxamento geral como se está embriagada e com muitas sensações agradáveis. A importância do prazer feminino A mulher precisa sentir prazer durante a intimidade com seu (sua) parceiro (a) para sentir orgasmo. A realização das preliminares com estímulos prazerosos favorecem a excitação e o prazer para a mulher. Como consequência ela terá desejo em realizar práticas sexuais subsequentes, com envolvimento físico e emocional. Quando a mulher realiza práticas sexuais por longo tempo sem sentir prazer poderá desenvolver diminuição do desejo, lubrificação e ausência do orgasmo. Isso promove alteração no relacionamento íntimo do casal e comprometimento de sua sexualidade. São vários os fatores que influenciam a mulher a sentir orgasmo, entre eles tem-se o comportamento do parceiro, a qualidade do relacionamento, estímulos adequados durante as preliminares, musculatura íntima saudável (região do períneo), autoconhecimento e envolvimento emocional e físico. Alguns produtos eróticos indicados para as preliminares Os estímulos prazerosos realizados durante as preliminares contribuem muito para a mulher sentir prazer e ter orgasmo. Os produtos eróticos são indicados para contribuir na excitação e prazer, favorecem a satisfação sexual, intimidade entre o casal e autoconhecimento. Recomenda-se que ambos estão de comum acordo quanto ao uso dos produtos e as práticas sexuais realizadas com eles. 1- Cosméticos – em spray, gel e creme favorecem a excitação, prazer e orgasmo; 2- Sabonetes e trufas de sais – fragrâncias no dia a dia e no momento íntimo; 3- Velas, creme, óleos e barras – favorecem o toque, o beijo, a massagem, a intimidade entre o casal; 4- Energéticos em drinks, pós e gotas – aumentam o apetite sexual; 5- Acessórios – são vendas, algemas, chicotes, vibradores, bolinhas, aneis penianos, capas penianas e outros, todos irão contribuir para a excitação e prazer; 6- Jogos e brincadeiras – contribuem de modo interativo na intimidade do casal; 7- Fantasias – incentivam o imaginário e a criatividade do casal; 8- Massageador Terapêutico Peridell – massageador que contribui para a sexualidade e saúde dos músculos íntimos de homens e mulheres. E outros. O casal deve ter frequentemente momentos de intimidade para dialogar sobre a vida sexual de ambos e trocar intimidades, realizar preliminares com estímulos prazerosos e práticas sexuais com envolvimento físico e emocional. Estes favorecem a saúde e prazer sexual para ambos.
DEIXE SEU COMENTÁRIO