Hot Flowers
side-area-logo

DICAS SOBRE SEXO

Tire todas as suas dúvidas sobre a sua sexualidade
Dicas sobre Sexo


O desejo é a fase inicial da resposta sexual, isto acontece quando a mulher e o homem recebem estímulos sexuais prazerosos, e a partir destes ocorrem impulsos vindos de centros específicos do cérebro que promovem o início da excitação - lubrificação vaginal e ereção.

Quando o casal costuma praticar sexo com poucas preliminares ocorre inadequada excitação, principalmente para a mulher que necessita de maior tempo de estímulos, e como consequência ela sente pouco prazer e maiores serão a chance de não sentir orgasmo. Isto a longo prazo ocasiona consequências negativas no desejo e na vida sexual do casal.

A verdade é que haverá diminuição do desejo sexual quando a pessoa faz sexo ruim com frequência.

 

A importância do desejo sexual para a sexualidade do casal

Mulheres e homens necessitam serem bem estimulados sexualmente para sentirem prazer e satisfação com a prática sexual, deste modo favorecerá o desejo.

A mulher apresenta maior dificuldade em relação ao homem quanto a sentir desejo sexual, isto ocorre devido a educação familiar e religiosa serem com frequência repressoras em relação ao sexo e o papel da mulher neste, assim como, ao inadequado estímulo sexual que as pessoas recebem do parceiro (a) e de si próprio.

 

Outros fatores interferem no desejo do casal, como o baixo envolvimento emocional no sexo e na relação a dois, falta de intimidade e parceria entre ambos, doenças físicas, problemas emocionais, dificuldades financeiras, comprometimento dos músculos do períneo, e outros.

 

O sexo é uma atividade física que exige muito dos músculos vaginais e pênis, se estiverem com boa elasticidade, circulação e força terão saúde e favorecerão o prazer. Caso contrário, mulheres e homens terão problemas de saúde local e na sua sexualidade.

Atitudes para melhorar o desejo sexual

 

Algumas atitudes que o casal pode realizar para melhorar o desejo sexual de um ou ambos, entre elas têm-se:

 

1-   Manter o respeito e parceria durante as atividades diárias, isto refletirá no desejo e intimidade entre o casal;

2-   Dialogar com frequência sobre a vida sexual de cada um e do casal;

3-   Ter criatividade nos momentos de intimidade e preliminares, com surpresas e produtos sensuais;

4-   Realizar com frequência as preliminares com estímulos prazerosos para ambos, sem pressa para a penetração;

5-   Conhecer o seu corpo e do outro, desejos e gostos durante o sexo;

6-   Mulheres e homens precisam ter os músculos do períneo saudáveis, assim elas sentirão maior prazer e facilidade para o orgasmo.

Produtos que contribuem para o desejo sexual

Todos os produtos sensuais contribuem para o desejo de mulheres e homens se forem usados adequadamente, estimulam a criatividade, a intimidade entre o casal e a satisfação durante as preliminares. Segue alguns:

1-   Lubrificantes íntimos – devem ser usados na entrada vaginal ou anal no momento da penetração, evitam desconforto;

2-   Geis excitatórios – passar por todo o clitóris, vagina, ânus e pênis com leve massagem para promover sensações agradáveis e excitação;

3-   Óleos de massagem – óleos afrodisíacos para massagear a região do períneo, clitóris, ponto G, pênis, escroto e região anal;

4-   Geis que esquentam – usar sobre o clitóris, pênis e ânus para o sexo oral;

5-   Produtos para a saúde sexual – melhoram os músculos e as estruturas locais do períneo (clitóris, vagina, pênis e ânus). Proporcionam autoconhecimento, intimidade entre o casal, assim como favorecem a excitação, lubrificação, desejo e orgasmo, com melhora na saúde muscular e sexual para mulheres e homens.

O casal precisa mudar suas práticas e hábitos sexuais constantemente, mudar de posições, ambientes e estímulos com produtos sensuais.

 

A HotFlowers tem a linha terapêutica SAÚDE SEXUAL com vários produtos que irão contribuir na saúde e no prazer de homens e mulheres.

A prisão de ventre, também conhecida como constipação intestinal é uma dificuldade persistente para evacuar, sendo mais comum em mulheres, idosos, crianças e gestantes. Diagnostica-se constipação quando a frequência da evacuação for igual ou menor que 2 vezes na semana e/ou há um grande esforço para evacuar, pouca saída e sensação de esvaziamento incompleto.

Algumas pessoas sentem o abdômen inchado e dolorido durante suas atividades diárias, interfere no humor e disposição física.

 

Principais causas

As principais causas da prisão de ventre são dieta pobre em fibras, sedentarismo, pouca ingesta de água, não evacuar quando há vontade, medicamentos, doenças neurológicas, estresse, depressão, ansiedade, tensão nos músculos do períneo (músculos do assoalho pélvico), hemorroidas, fissuras anais e outras disfunções locais.

Muitas pessoas apresentam dificuldade em relaxar seus músculos íntimos (região anal) durante a defecação, o que ocasiona maior esforço para a saída das fezes e o possível surgimento de hemorroidas e alterações dos órgãos pélvicos a longo prazo.

A dor e o desconforto na região do abdômen decorrentes da prisão de ventre podem ocasionar baixo desejo sexual, ausência de envolvimento durante o sexo e insatisfação sexual.

Por isso que a prisão de ventre pode dificultar a vida íntima de homens e mulheres, afinal altera a disposição física e emocional para praticar alguma atividade sexual.

 

Tratamento com a bolsa térmica Termodell

Mudanças nos hábitos diários e defecatórios, melhorar a alimentação, aumentar a ingesta hídrica e praticar atividade física irão contribuir muito para a melhora da prisão de ventre.

A empresa HotFlowers fabrica produtos para a saúde sexual e prazer, com a inédita bolsa Térmica específica para a região do períneo, a Termodell.

A bolsa térmica Termodell irá auxiliar muito na melhora das disfunções anorretais da seguinte maneira:

1-   Para prisão de ventre usa-se com água quente, deste modo irá relaxar os músculos do períneo e facilitar a saída das fezes, além de contribuir na diminuição da dor local;

2-   Para hemorroida usa-se a água fria, deste modo irá diminuir a dor e evitar o aumento da inflamação local;

3-   Para fissuras indica-se a água quente se não houver processo inflamatório, caso contrário a água fria irá contribuir na lesão local.

4-   Entre outras indicações.

 

Como usar a bolsa térmica Termodell:

A água quente deve ter temperatura entre 30 e 45 graus e com tempo de uso de 15 a 20 minutos. Já a água fria com temperatura inferior a 18 graus e com tempo de 15 a 30 minutos. Sua frequência diária recomendada é de até 4 vezes ao dia.

Para seu uso escolha uma posição confortável para aplicar a bolsa no períneo, sua posição pode ser deitado de costas ou lateralmente. Certifique-se que a mesma está em contato com o corpo e sugere-se o uso de uma toalha ou papel toalha entre a Termodell e o períneo, evitando desconforto. Acompanha um manual de uso.

Tratar as causas da prisão de ventre irá contribuir para maior disposição física, envolvimento durante as práticas sexuais e prazer. Com melhora da saúde haverá aumento do prazer e satisfação na vida íntima.

Cuide de sua saúde sexual e tenha uma vida prazerosa e feliz!

Fabiane Dell`Antônio -  Fisioterapeuta, Consultora em Sexualidade e Sexóloga

Vaginismo é uma desordem sexual caracterizada por espasmos involuntários persistentes ou recorrentes da musculatura perineal, estes são contrações musculares locais que interferem na relação sexual da mulher e do casal. Essas contrações impedem total ou parcialmente a penetração ou introdução do pênis, dedos, tampão, espéculo ginecológico ou outros objetos no canal vaginal, o que impossibilita e dificulta a penetração ou mesmo o exame ginecológico. Apesar da mulher apresentar o desejo em ser penetrada, a ansiedade e o medo da dor antes da penetração podem levar a contrações involuntárias dos músculos da pelve, das coxas e de todo o corpo.

As mulheres que apresentam o vaginismo relatam dor no momento ou depois da penetração e outros sintomas como náusea, sudorese, dispneia e taquicardia em decorrência do medo, da tensão e do espasmo muscular involuntário. Elas contraem-se no momento da intimidade e não conseguem relaxar fisicamente e emocionalmente, e sofrem por isto!

 O diagnóstico do vaginismo é realizado por meio do exame físico, onde são verificadas alterações anatômicas, causas infecciosas, lubrificação inadequada, pontos dolorosos, dificuldade de relaxamento local e fatores psicológicos. 

 

Classificação e possíveis causas do vaginismo

O vaginismo pode ser classificado em primário e secundário. O primário é determinado quando a mulher é incapaz de manter relações sexuais devido às contrações involuntárias da parede da vagina, ou seja, ela é virgem porque não consegue ter a penetração. Já o secundário ocorre quando a mulher eventualmente teve relações sexuais, mas no momento não consegue realiza-las como anteriormente. Neste último a mulher sente muita dor durante ou após as tentativas, muitas vezes precisa interromper os movimentos e terminar a intimidade.

Essa disfunção não possui uma causa exclusiva, e sim fatores para seu desenvolvimento. Dentre eles têm-se razões religiosas, traumas de infância, escutar ou assistir outras pessoas realizando relação sexual,  abuso sexual e outros.

 

Tratamento com os Dilatadores DELL da HotFLowers

Os dilatadores Dell são indicados para o tratamento do vaginismo e dificuldade de penetração vaginal.

Os dilatadores vaginais e anais DELL contribuem na melhora dos músculos do assoalho pélvico (vaginais), porque promovem alterações nos músculos e tecidos locais.

Alguns dos efeitos dos dilatadores para quem tem vaginismo:

1-   Promovem a dessensibilizarão lenta e contínua da musculatura perineal;

2-   Ocasionam o relaxamento e flexibilidade muscular;

3-   Dilatam o canal vaginal e facilitam a penetração.

Recomenda-se o uso dos dilatadores com lubrificantes externos e uso de camisinha. O produto acompanha manual de instruções para o seu uso.

A HotFlowers produz os dilatadores Dell, estes foram desenvolvidos pela fisioterapeuta Pélvica Fabiane Dell` Antônio que criou dois diferenciais neste produto, a curvatura anatômica e o pegador, ambos contribuem para aumentar a eficiência em seu uso.

O sexo anal é a penetração do pênis no canal anal durante as práticas sexuais, ocorre em relações sexuais entre homossexuais e heterossexuais. Este é um tema com muitas controvérsias, tabus e medos.

Diante da necessidade de informações a respeito do sexo anal, a fisioterapeuta e sexóloga Fabiane Dell` Antônio formulou um questionário sobre o assunto que foi respondido por clientes que compram produtos sensuais num site de revenda brasileiro. A pesquisa foi realizada no mês de outubro/novembro de 2017, sendo convidado a responder somente quem já praticou ou pratica sexo anal.

Nesta pesquisa participam 260 pessoas, sendo que 80,4% são mulheres e 19,6% homens.

Em relação a frequência que realizam sexo anal por mês, verificou-se que 40,4% realizam de 1 a 4 vezes, já para 19,2% dos entrevistados relatam que algumas vezes não realizam no mês, 11,2% disseram que realizaram poucas vezes e não querem mais, e 10,8% disseram que faz mais de 90 dias que não realizam sexo anal.

Realizou-se uma questão para saber como o sexo anal é para o entrevistado, sendo que a resposta era apenas uma alternativa de escolha, nesta 39,2% dos participantes avaliam o sexo anal como ótimo, 14,6% dizem que é muito bom, e 13,8% classificam o sexo anal como bom em relação ao prazer. Mas para 12,3% o sexo anal é regular, 11,2% relatam que é ruim e 8,8% avaliam como horrível.    

 

Conclui-se que a maioria dos compradores de produtos sensuais que participaram da pesquisa e são praticantes do sexo anal foram mulheres. Observou-se que a idade dos participantes não é um fator determinante para praticar o sexo anal dos 21 aos 38 anos, mas estar casado pode contribuir para a realização desta prática. Identificou-se que o tempo do relacionamento não interfere na escolha desta prática, e que a frequência da realização do sexo anal pelos entrevistados varia entre 1 a 4 vezes ao mês.

A maioria dos entrevistados classificaram o sexo anal como sendo bom, muito bom e ótimo para sentir prazer (67,6%).

Produtos que contribuem no sexo anal

A HotFlowers produz alguns produtos que contribuem no prazer e na saúde do sexo anal, são eles:

1-   Deep Easy – estimulante e afrodisíaco para o sexo anal;

2-   Sete Sensações – com funções para hidratar, tonificar, cicatrizar, dilatar, diminuir o desconforto, lubrificar e estimular;

3-   Lis-in – gel facilitador deslizante com grande poder de analgesia local;

4-   Desensible – gel que promove analgesia e lubrificação (lançamento);

5-   Ducha higiênica pessoal – para higiene íntima.

Recomenda-se o uso de camisinha e lubrificação externa nas práticas sexuais anais para manter a saúde local e promover o prazer e satisfação do casal.

A próstata é uma glândula presente nos homens, localizada abaixo da bexiga, esta envolve a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina). Tem função de produzir um líquido que compõe parte do sêmen, nutre, protege e transporta os espermatozoides.

No Brasil o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens. Na maioria das vezes cresce de forma lenta e não apresenta sinais durante a vida e nem interfere na saúde do homem, mas em outros casos pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e causar a morte.

 

O tratamento e as consequências na sexualidade

 

Tem-se algumas opções de tratamento para o câncer de próstata, mas o mais comum é a cirurgia para retirada total da próstata, a prostatectomia radical.

A prostatectomia é a remoção cirúrgica de parte ou toda da próstata, realizada quando há tumores (câncer de próstata) ou quando a próstata está muito grande (hiperplasia benigna da próstata).

Na maioria das vezes os homens apresentam como consequências da cirurgia da próstata a incontinência urinária, dificuldade de ereção, perda da capacidade da ejaculação, diminuição do desejo e do orgasmo, entre outras. Estas comprometem a sexualidade do homem e interferem na sua vida sexual.

A incontinência urinária pode ocasionar baixa autoestima, medo de perdas durante o sexo e mal cheiro, como consequência o homem pode afastar-se da parceria.

Muitos homens apresentam dificuldade em ter ereção e de mantê-la após a cirurgia devido ao comprometimento das estruturas locais, como nervos, vasos sanguíneos e músculos. Para alguns homens os vasodilatadores não atuam de modo satisfatório para o retorno da vida sexual e desconhecem a importância dos exercícios de Kegel (Fisioterapia) para melhorar a ereção.

O comprometimento do desejo e do orgasmo são consequências da dificuldade da ereção e algumas vezes devido a incontinência urinária.

  

Alguns produtos sensuais que contribuem na ereção masculina

 

A HotFlowers possui a linha A saúde do seu prazer, nesta há alguns produtos que contribuem na saúde muscular, circulatória e na inervação. Estes também são utilizados e indicados por médicos e fisioterapeutas para que o homem realize o tratamento em casa. São estes:

1-   Massageador Terapêutico Peridell – atua no fortalecimento muscular, na melhora da inervação e circulação. Contribue na incontinência urinária e ereção;

2-   Bomba peniana – melhora as estruturas locais e a circulação, contribui na ereção;

3-   Viber Spray – vibrador líquido que promove sensações prazerosas e excitantes, estimula a circulação e ereção;

4-   Oriental, Hot & Hard, Volumão – cremes ou sprays excitantes, estimulam a circulação local e ereção.

O homem que apresenta incontinência urinária e disfunção de ereção deve buscar tratamento com profissionais da saúde, como Médicos Urologistas, Fisioterapeutas na área Pélvica e Psicólogos.

Produtos sensuais melhoram a intimidade entre o casal, proporcionam estímulos prazerosos durante as preliminares e atuam na saúde sexual.

O autotoque na região íntima auxilia a mulher conhecer o seu próprio corpo, cuidar da sua saúde íntima e seu prazer. Esta prática realizada com equilíbrio e com o propósito de autoconhecimento favorecerá o orgasmo feminino com sua parceria, melhora o desejo, a lubrificação, o orgasmo e proporciona o aumento da percepção corporal local.

Estudiosos relatam que esta prática previne infecções urinárias e uterinas, melhora a resistência à candidíase, reduz o estresse e os sintomas da TPM. Combate a insônia, melhora a função cardiovascular, o tônus dos músculos do assoalho pélvico, entre outros benefícios à saúde e sexualidade.

Quando a mulher costuma receber toques íntimos, seja sozinha ou por outra pessoa, o corpo reage facilmente ao estímulo do toque e favorece o prazer, desta forma promove maior excitação e contribui para um relacionamento saudável e uma sexualidade feliz para a mulher e o casal.

Realizou-se no mês de maio de 2017 uma pesquisa sobre o tipo de prática sexual que elas mais gostam com as clientes num site de revendas de produtos sensuais brasileiro, em parceria com a fisioterapeuta e sexóloga Fabiane Dell´Antônio.

Nesta pesquisa participaram 159 mulheres, sendo que 67,2% das entrevistadas apresentam idade entre 18 a 29 anos, 47,2% são casadas e 30,8% namorando. Destas, 86,24% são heterossexuais, e em relação ao tempo do relacionamento observa-se que 37,7% estão com tempo acima de 6 anos e 36,5% entre 2 a 5 anos.

Realizou-se três questões para identificar a ocorrência da prática da masturbação entre as mulheres e sua frequência mensal. Elas assinalaram apenas uma opção de resposta em cada questão.

Observou-se que o hábito da masturbação nas 159 pesquisadas foi afirmativo para 66% delas.

Em relação ao modo que elas realizam esta prática, obteve-se os seguintes resultados:

1-   80,9% usam seus dedos;

2-   54,5% usam vibradores;

3-   42,7% passam geis;

4-   20,9% utilizam próteses penianas;

5-   11,8% outros objetos.

Em relação a frequência da realização da masturbação pelas entrevistadas obteve-se os seguintes resultados:  62,9% realizam a masturbação de uma a quatro vezes no mês; 25,9% praticam mais de nove vezes no mês; 11,2% praticam a masturbação de cinco a oito vezes no mês.

Conclui-se que entre as mulheres de 18 a 29 anos um pouco mais da metade costuma se masturbar sozinha, sendo que a maioria delas masturbam-se com os dedos, e em média a metade destas mulheres também utilizam vibradores para sentir prazer.

Uma grande porcentagem das entrevistadas praticam a masturbação uma vez na semana, mas algumas realizam mais de duas vezes por semana, em média. Estudiosos relatam que a masturbação é benéfica quando realizada até 4 vezes ao dia ou quando não interfere nas atividades diárias da pessoa.

Diante deste resultado observa-se que a prática da masturbação deveria ser realizada por mais mulheres, visto os benefícios que promove à saúde e vida sexual.

 

Produtos da Hotflowers indicados para a masturbação feminina

A Empresa HotFlowers produz vários produtos que contribuem para o autotoque feminino, proporcionam autoconhecimento, prazer e satisfação na vida íntima.

Alguns deles são:

1-   Vibradores como o bullet, personal e butterfly;

2-   Geis como o orgástico, excitation e hot shock;

3-   Próteses penianas com vibração, em gel e em várias medidas.

Tire suas Dúvidas com a
FABIANE DELL`ANTÔNIO

Graduada em Fisioterapia, com Mestrado em Ciências da Saúde Humana (UnC-SC) e nas seguintes Especializações:

Neuropsicologia e Aprendizado (PUC-PR);

Fisioterapia em Uroginecologia (CBES-PR);

Sexualidade Humana (USP-SP).

Professora Universitária desde 1999. Atua em consultório na área de Sexologia desde 2002. Realiza Cursos e Palestras em Sexualidade Humana desde 2010.

ENVIAR DÚVIDA

COMPRE AQUI FALE CONOSCO